05/11/2011

Dias Indefinidos

8 comentários:

  1. Olá Alba,

    somos feitos de incertezas e muitas vezes somos rascunhos de nós mesmos. Originais inacabados que precisam inúmeras existências para atingir a arte final.

    Bju

    Paulo

    ResponderExcluir
  2. Os dias indefinidos podem ser moldados pela infinita capacidade de quem sabe vivê-los e expressá-los, ainda que aparentemente por meio da poética.
    Assim como você minha querida amiga.
    Voltei.
    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  3. Olá minha querida amiga, é sempre delicioso visitá-la ! Que linda poesia !!

    Sempre me pego refletindo neste tipo de postagem e o que a sua me trouxe foi de que todos os dias me parecem indefinidos, por mais que queiramos ter controle sobre tudo e é nesta imprevisibilidade que mora nossas tristezas, mas também nossas alegrias e aprendizado...
    Muito linda a forma como terminou, não sei se referia à morte, mas foi como vi, que a todo momento e um dia o nosso, a estória se finda e temos nosso único descanso.
    Fiquei encantada com a imagem de fundo do texto, depois em ensina a fazer ?? srsrrs

    Beijos marciais da amiga que gosta muito de você !Bom findi !

    ResponderExcluir
  4. @Paulo
    Realmente estamos em constante mutação...
    Acredito que só assim evoluímos!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. @Beth
    Querida amiga, em sintonia com os sentimentos que nos incentivam a continuar estas molduras,
    seja na Arte ou na Vida!
    Beijos com carinho!

    ResponderExcluir
  6. @Samanta
    Querida amiga, definiu com maestria estes dias, experiências das nossas vidas.
    Sim pode ser Morte ou Renascimento, mudanças inevitáveis!
    Querida a imagem foi feita com o programa da Adobe ( Fireworks )
    Se tiver o programa te esino sim, com maior prazer.
    Só não aconselho ter muitas postagens neste estilo, pois o texto perde marcação nas buscas de palavras chaves do google.
    Um ótimo fim de semana.
    Obrigada pelo belo comentário e presença!
    Beijos com carinho.

    ResponderExcluir
  7. A caminhada e os descanso aflito. Cada dia, cada instante. E que épico se torna a história de cada um de nós.

    Lindo Alba.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Anônimo23:25

    Vida é a sucessão de dias indefinidos, a cada despertar um caminho a ser feito pelos nossos próprios pés, uma página em branco a ser escrita. A verdade é que não dá para passar a limpo os rascunhos e, na maioria das vezes escrevemos com as luzes apagadas, ao final da folha é que percebemos que rumo tomaram nosso traços, eis o assustador e o motivador de se viver; A esperança de estarmos escrevendo uma bela história, mesmo no escuro.

    Beijos Alba!

    ResponderExcluir