29/07/2011

Poema dos Dons


Ninguém rebaixe a lágrima ou rejeite 
esta declaração da maestria. 
de Deus, que com magnífica ironia 
deu-me a um só tempo os livros e a noite. 

Da cidade de livros tornou donos 

estes olhos sem luz, que só concedem 
em ler entre as bibliotecas dos sonhos 
insensatos parágrafos que cedem 

as alvas a seu afã. Em vão o dia 

prodiga-lhes seus livros infinitos, 
árduos como os árduos manuscritos 
que pereceram em Alexandria. 
De fome e de sede (narra uma história grega) 
morre um rei entre fontes e jardins; 
eu fatigo sem rumo os confins 
dessa alta e funda biblioteca cega. 

Enciclopédias, atlas, o Oriente 

e o Ocidente, centúrias, dinastias, 
símbolos, cosmos e cosmogonias 
brindam as paredes, mas inutilmente. 

Em minha sombra, o oco breu com desvelo 

investigo, o báculo indeciso, 
eu, que me figurava o paraíso 
tendo uma biblioteca por modelo. 

Algo, que por certo não se vislumbra 

no termo acaso, rege estas coisas; 
outro já recebeu em outras nebulosas 
tardes os muitos livros e a penumbra. 

Ao errar pelas lentas galerias 

sinto às vezes com vago horror sagrado 
que sou o outro, o morto, habituado 
aos mesmos passos e aos mesmos dias. 

Qual de nós dois escreve este poema 

de uma só sombra e de um plural? 
O nome que assina é essencial, 
se é indiviso e uno este anátema? 

Groussac ou Borges, olho este querido 

mundo que se deforma e que se apaga 
numa empalidecida cinza vaga 
que se parece ao sonho e ao olvido.


Poema de Jorge Luis Borges
Trad. de Josely Vianna Baptista.
São Paulo: Companhia das Letras, 2009.


Um Momento de Poesia, Música e Reflexão!

18 comentários:

  1. Conheço muito pouco o Poeta, mas são harmoniosas, poéticas as rimas.
    Poema muito bonito.

    João Bosco

    ResponderExcluir
  2. Olá minha querida amiga Alva!!!
    Magnífico poema de Jorge Luis Borges, adorei minha amiga!!!
    Deus nos deu a vida e os dons para que possamos contemplá-la, nos deu este belo livro para que possamos interpretá-lo da melhor maneira possível, nos deu os sonhos para que sempre tenhamos esperanças vivas. Pena que muitos são cegos para esta grande biblioteca dos dons, estes são os mortos...
    Parabéns pela excelente postagem minha amiga!!!
    Tenha uma excelente noite e um maravilhoso novo dia, recheado com muitas bênçãos e alegrias!!!
    Beijos e muita paz!!!

    ResponderExcluir
  3. Alba minha linda amiga!
    Poema maravilhoso e rico como só você saberia escolher.
    Temperado com imagens belas e um som inebriante.
    Uma experiência especial para encerrar a semana e visualizar um merecido repouso.
    Um maravilhoso fim de semana querida.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Minha querida amiga Alba, voltei para pedir perdão pelo erro no seu nome, fui traído pelo dedo... peço desculpas pela falha minha querida amiga!!!
    Fique com Deus!!!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  5. Olá minha queridíssima amiga !!

    Mais uma escolha de tirar nosso fôlego !
    Que poema maravilhoso ! Descreve com veracidade e beleza esta nossa ignorância diante da valorização do que nos foi dado.
    Como sempre trazendo novidades belíssimas e me introduzindo cada vez mais neste mundo emocionante e bonito da Arte !

    Um super beijo marcial e bom fim de semana !

    ResponderExcluir
  6. Oi minha querida amiga!!!
    Olha eu aqui, atrasadinha, mas de passagem para dizer que este poema é divino! Lembrou-me uma passagem que lia quando adolescente de um livro que, se não me engano, chama "Soneto a Quatro Mãos" ou algo assim...
    Vou degustá-lo mais um pouco! Estou com uma gripe terrível...hahahaha...então, só me resta mesmo é apreciar as boas leituras! E o seu blog, como sempre, está entre os melhores!
    Grande beijo, minha linda!
    Jackie

    ResponderExcluir
  7. Divinal... por acaso estamos na ante-sala dos ceus?

    Carinhoso abraço, voltaremos para a arte e o café certamente.

    ResponderExcluir
  8. Oi querida,
    Borges,
    Complexo e intenso.
    É um dos meus preferidos.
    Não conhecia esta poesia.
    Valeu.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  9. Anônimo11:44

    Registro no Mamute confirmado.

    Seja muito bem-vindo(a) ao agregador mais diferente de todos. O Mamute é único.

    Envie seus links.

    A partir de agora sua experiência com agregador de links está entrando em uma nova era.
    Seu conceito de divulgação irá mudar a partir de hoje.

    Não esqueça que o Mamute Links é o único agregador que manda tráfego direto pra você.
    Isso significa que você irá receber, assim que seus posts forem inseridos, tráfego com origem direta do Google.com.br, Google.com, etc.
    Fique de olho na origem e principalmente no post divulgado pelo Mamute.
    Boa experiência de vida.
    JUntos nos tornamos cada vez mais fortes

    Minha sincera gratidão por sua confiança.

    http://mamutelinks.blogspot.com/

    Abraço.
    BELcrei:-)

    ResponderExcluir
  10. João Bosco
    O Poeta e escritor Jorge Luis Borges,nos deixou um rico legado literário!
    Obrigada pela sua participação e prestigio ao Post.
    Seja sempre bem vindo!
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  11. Querido amigo Du
    Excepcional sua reflexão e interpretação deste poema!
    Concordo plenamente com sua opinião!
    A cegueira cultural e espiritual escraviza e condena o ser humano!
    Muito obrigada pela excelente interpretação registrada aqui.
    Seus comentários muito enriqueceram este Post!
    Desejo-lhe muitas felicidades em sua vida!
    Um grande beijo

    ResponderExcluir
  12. Flora querida
    Fico lisonjeada com sua presença e comentário!
    É sempre uma satisfação agradar amigos e leitores como você!
    Muito obrigada querida!
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Querido amigo Du
    Sempre gentil!
    Imagina se desculpar.
    Estas coisas acontecem, o teclado falha mesmo!
    O que importa é sua presença e precioso comentário!
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Querida amiga Jackie!
    Assim como a vida, acredito que as histórias, os poemas são escritos pelas várias experiências coletivas ou individuais.
    Estava com saudades da sua maravilhosa presença e preciosos comentários!
    Espero que esta gripe te deixe rapidinho!
    Obrigada pela presença, amizade e carinho de sempre!
    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  15. Loubah Sofia!
    Seja bem vinda ao Arte e Café!
    Sou muito grata com sua inscrição e carinhoso comentário!
    Feliz por ter apreciado nosso espaço e publicações!
    Sinta-se em casa e volte sempre!
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Querida Beth
    É uma grande e sábia apreciadora da literatura e das artes!
    Certamente valoriza tudo que é bom, intenso e complexo!
    Muito obrigada por sempre prestigiar e enriquecer este espaço com seus comentários e presença!
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. BELcrei
    É muito bom ter novos agregadores e parceiros!
    Certamente a união e confiança fortalecem a expansão de nossos projetos!
    Muito obrigada!
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  18. Querida amiga Sam.
    Perfeito seu comentário!
    Existem possibilidades infindas a nos conduzir para as portas da sabedoria!
    Basta nos disponibilizar a valorizá-las em aplicá-las nas nossas experiências de vida!
    Como sempre é muito bom ter a sua presença e valiosos comentários!
    Uma excelente semana!
    Beijos Marciais

    ResponderExcluir