11

Anjos Mimados

06/07/2010 .
Aquele aconchego sagrado
Ficou nas veredas dos sonhos.
Olhos cerrados.
Adormeceu mimado como um anjo.
Nuvem desfeita, caindo, caindo...
Percebendo suas asas,
Despertou pro horizonte...
O vento passaporte do tempo.
Lembrado ou esquecido
Voou livre pro destino
Ainda sonharás?
Ingenuamente indago.
Recosto minha cabeça,
Descanso o pensamento.
As horas passam ligeiras...
No esboço do silêncio o encontro sutil.
Na leveza de um anjo que cresceu!
Alba Simões

11 Comentários:

Jucifer disse...

olá minha rica coisinha
mas q coisinha mas angelical
nossa amei na leveza de um anjo que cresceu

minha rica coisinha
bjo grande
parabens pelas belas palavras

Eloisa Floriano Fasulo disse...

Dias atrás anotei esta frase:
"A maturidade me permite olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranquilidade, querer com mais doçura."
Lya Luft
Acho que seu anjo cresceu com doçura.
Beijos.

Lauro Daniel disse...

Olá,

Gostei do seu Blog e gostaria de fazer parceria com meu blog Mundo das Poesias:

http://www.tol3.net/m

Já adicionei seu Link e gostaria de pedir que também adicionasse nosso banner ou nosso link em seu blog.

Grande Abraço;
Sucesso!

Jackie Freitas disse...

Olá minha querida amiga Alba!
Lindo poema, minha amiga!
É bom ganhar asas e buscar novos horizontes! Com destemor e coragem, somos anjos que nunca devemos desacreditar nas forças de nossas asas... Crescemos e passamos a contemplar querendo novos vôos... Estou assim: querendo voar mais alto, mais longe, descobrir novos caminhos...
Grande beijo e uma Feliz Páscoa!!!
Jackie

Vera Alvarenga ... disse...

Alba, que linda sua poesia!Parabéns!
Anjos me emocionam e seus voos também.Quando desejamos voar,é porque temos fé e isto é sagrado,nos enche de alegria,mesmo que tenhamos medo.
Abraço e Feliz Páscoa!
Vera Alvarenga

Raimundo Lourenço disse...

O que move o homem é a sua fé. Anjos crescem conforme a importancia que lhes damos.
Abraços!

Samanta disse...

Olá minha queridíssima amiga !!!

Lindoooo !!! Suave e doce este poema sobre o crescimento da angelitude, que creio eu, está presente em todos nós, de uma forma mais ou menos intensa, e vamos assim voando, quando descobrimos que podemos, que temos asas e vôos a alçar :)
Mandei e-mail pra você !

Muitos beijos marciais e que sua semana seja maravilhosa !!!

Palavras & Histórias disse...

Eu tenho cá, meu anjo da guarda. Sei que muitas vezes - principalmente, quando tenho medo - recorro a ele.

Fico achando que não estou sozinha, mesmo que na hora, ao buscar fundo na respiração a força que necessito, tenha que ter somente a fé. Já diziam por ai: o essencial é invisível aos olhos, né?

Beth Muniz disse...

Olá minha querida Alba,
Realmente, um verdadeiro mimo de poesia.
Beijão.

Amores no Velho Chico disse...

Lindo poema amiga Alba, cálido e suave como as asas de um anjo da guarda que nos protege dos males do mundo.

Abraços

Expedicionários

Postar um comentário

MyFreeCopyright.com Registered & Protected



 
▲ Voltar ao Topo