24/02/2012

O Beijo do Mar


Esboços de lembranças
Entre silêncios, luz e penumbra...
Agora a casa está vazia.
E nada justifica estas ausências.
Reconstrução de sonhos nesta liberdade
Longo tempo, a cada instante se desfaz..
Corações desertos,
Cidades distantes.
Desejos se apagam entre os olhos que se  fecham.
Saudade é a culpa do efêmero...
Vive o agora.
Até que a última cortina se feche!
De resto tudo é fragmento, memória...
Um lapso aflito nesta densa jornada...
Um novo cometa rasga o espaço.
Um poeta abraça a lua, entregando seus versos sorrateiramente.
Naufragando lentamente, sente o beijo ardente do mar...  

Alba Simões

14 comentários:

  1. Alba, viajando nos seus versos e naufragando junto...
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Anônimo22:30

    Em nau frágil navegamos,
    Em naufrágio nos entregamos
    O mar não é para principiante
    O mar traga o navegante.

    Belíssimo poema, fluido e forte como as ondas do mar.

    Beijos, Alba!

    ResponderExcluir
  3. Olá Alba... seu poema me trouxe algo de lembrança... daquilo que percorremos... do que nos tornamos navegando nestes mares nada tranquilos da vida!
    Beijo no coração

    ResponderExcluir
  4. Olá, Alba!
    Mais uma vez, e como sempre, muito bom!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  5. Como disse no face e também deixo no dihitt estes teus versos ficaram muito belos, pois o MAR é mesmo fonte de inspiração constante... Abraços, amiga!!!

    ResponderExcluir
  6. Uma doce cumplicidade entre a vida e a morte. Entre o que foi e o que tanto poderia ter sido. Sim, me parece que o mar é uma última visão almejada por todos. Uma onda rebentando na areia, uma música na cabeça e tantas e tantas lembranças...

    Muito bonita Alba. Tanto a saudade quanto a nostalgia. A saudade do que poderia... Esse sentimento, uma vez, me disseram ser quase que exclusivo da alma Lusitâna. Somos todos então.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. @Expedito
    Obrigada pela presença, amigo poeta!
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  8. @Van
    Querida amiga e grande poetisa,
    belíssimo estes versos!
    Obrigada pela presença e a sensibilidade das suas palavras...
    Beijos com carinho.

    ResponderExcluir
  9. @Valéria Braz
    Realmente, querida amiga e poetisa.
    Estes mares, que nos inspiram e nos marcam, entre brisas e tempestades, continuamos navegando...
    Obrigada pela presença e carinho!
    Grande beijo em seu core!

    ResponderExcluir
  10. @Rike
    Que bom ter sua presença e prestigio...
    Obrigada amigo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. @José
    Maravilha esta sua interpretação!
    Como sempre, um grande escritor que lê as entrelinhas!
    Obrigada pela presença e prestigio, meu amigo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. @Malu
    Fico muito agradecida e lisonjeada com suas palavras...
    Obrigada amiga e poetisa de grande alma!
    Beijos com carinho!

    ResponderExcluir
  13. Alba,

    Hoje estou assim, viajando no tempo, revendo as lembranças, deixando a saudade doce e boa bater.


    Beijos

    ResponderExcluir
  14. @Sissym

    Que bom amiga!
    Viver estes momentos mágicos intensamente...
    Vale a pena sentir estas doces lembranças.
    Beijos com carinho.

    ResponderExcluir