23/07/2010

É Urgente


É urgente o amor.
É urgente um barco no mar.


É urgente destruir certas palavras,
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.


É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.


Cai o silêncio nos ombros e a luz
impura, até doer.
É urgente o amor, é urgente
permanecer.

Eugénio de Andrade

5 comentários:

  1. E necessário para se viver melhor.
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  2. Uau...

    E de repente, me fez lembrar que "E no entanto é preciso cantar. Mais que nunca é preciso cantar. É preciso cantar e alegrar a cidade".

    Isso ainda acode a gente, na aflição. Muitas, e cada vez mais, pessoas sabem que precisamos mudar e simplesmente viver.

    Abraços

    ResponderExcluir
  3. olá guria flor Alba

    mas q coisa magnifica
    É urgente inventar alegria,
    multiplicar os beijos, as searas,
    é urgente descobrir rosas e rios
    e manhãs claras.
    tudo di bom
    no meu caso ovo querer multiplicar
    bem mais os beijos kkkkkkkkkkkk
    num sou boba
    se bem q tudo é um conjunto

    guria simplesmnte demais seu post
    mais uma vez estou eu pressa aki
    neste espaço maravilhoso

    um beijo enorme
    neste coração gigante

    ResponderExcluir
  4. Alba, minha querida!
    Que lindo!
    Vou aprendendo com essas obras maravilhosas que você nos apresenta!
    Adoro sentimentos, adoro expressá-los e com essas leituras tão enriquecedoras que você nos brinda, o meu apetite vai se abrindo cada vez mais!
    Parabéns, minha linda!
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderExcluir
  5. Anônimo21:13

    Saudações!
    Amiga:
    Este Poema a primeira vista embora pareça simples não o é traz uma profunda simbologia em cada verso registrado a vida através do amor da liberdade dando uma volta a conscientização do mundo da natureza [...]é urgente descobrir rosas e rios. Bem vou para por aqui. Confesso que não tenho conhecimentos para lê-lo.
    Parabéns por mais um magnífico Post!
    Fraternanalmente,
    LISON.

    ResponderExcluir