10

Uma Vida Feliz

02/11/2012 .
Uma condição de exaltado prazer somente se mantém por momentos ou, em alguns casos, e com algumas interrupções, por horas ou dias.
Ela é o brilhante clarão ocasional da alegria, e não a sua chama firme e constante.
Disso sempre estiveram tão cientes os filósofos que ensinaram ser a felicidade a finalidade da vida como aqueles que a eles se opuseram.
A felicidade que concebiam não era a do arrebatamento, mas de momentos assim em meio a uma existência constituída de poucas e transitórias dores, muitos e variados prazeres, com um predomínio decidido do componente ativo sobre o passivo, e tendo como fundamento do todo não esperar da vida mais do que ela é capaz de oferecer.
Uma vida assim constituída, para aqueles que tiveram a boa fortuna de obtê-la, sempre pareceu merecedora da designação de feliz.
E uma existência assim é, mesmo hoje em dia, o destino de muitos durante uma parte considerável de suas vidas.
A educação falida e os arranjos sociais falidos são os únicos obstáculos reais que impedem que isso esteja ao alcance de quase todos. 
John Stuart Mill 

10 Comentários:

Bia Hain disse...

Oi, Alba, gostei do texto escolhido. Passei para deixar um abraço e elogiar o novo layout, bonito e mais leve. Linda semana!

Adriana Helena disse...

Olá Alba, tudo bem querida?
Bom dia!
Também quero parabenizar pela nova carinha do Blog! Está lindo e muito bom de ficar por aqui! Suavizou!

Quanto a texto, está incrível!
As explicações dos motivos de que a felicidade não alcança a todos por determinadas condições é excelente!
Obrigada e uma semana maravilhosa para você!

Unknown disse...

Oi minha querida Alba... que saudade! Que lindo está seu blog, mais clean e suave, mas com os mesmos textos exemplarmente escolhidos.
Entendo o que o texto tenta nos mostrar, e nós realmente afastamos a felicidade quando surge as incapacidades sociais. Mas... eu não associo felicidade a sorriso e falta de problemas, associo a felicidade com a capacidade de ver oportunidades onde quer que estejam sem nunca perder a fé!
Beijo no coração

Marcos Mariano disse...

conceitos que essa sociedade criou em relação a felicidade, do que qualquer outra coisa. Criaram muros e barreiras ao reder da felicidade que nem todos conseguem transpor, mas acho que esses muros e barreiras estão na nossa própria mente.

Abraços obg por seguir meu blog, estou seguindo aqui.

Alfeu Gomes disse...

Olá Alba Simões, tudo bem?
Parabéns pelo blog e pela postagem.Tudo na vida é passageiro. Assim, se as coisas vão bem, aproveite-as porque não vão durar pra sempre. E se as coisas vão mal, não se preocupe tanto. Elas não podem durar pra sempre também.

Alba Simões disse...

@Bia obrigada por prestigiar o artigo e o novo Layout do blog!
Uma ótima semana pra você!
Beijos

Alba Simões disse...

@Adriana muito grata por prestigiar o artigo e o novo Layout do blog!
Temos que mudar, sempre para melhor!
Uma ótima semana pra você!
Beijos

Alba Simões disse...

@Valéria querida!
Excelente sua abordagem sobre o tema!
Saudades, adorei sua presença e comentário...
Beijos com carinho.

Alba Simões disse...

@Marcos Mariano.
Obrigada pela presença e retribuição.
Realmente, os argumentos que você apresentou enriqueceram o artigo.
Seja bem vindo!
Abraços

Alba Simões disse...

@Alfeu.
Obrigada pela presença e comentário otimista, enriquecendo o tema abordado!
Abraços

Postar um comentário

MyFreeCopyright.com Registered & Protected



 
▲ Voltar ao Topo