5

Vida Tempo

14/10/2010 .

Vida Tempo
Quem tem olhos pra ver o tempo soprando sulcos na pele soprando sulcos na pele soprando sulcos?
o tempo andou riscando meu rosto
com uma navalha fina
sem raiva nem rancor
o tempo riscou meu rosto
com calma
(eu parei de lutar contra o tempo
ando exercendo instantes
acho que ganhei presença)
acho que a vida anda passando a mão em mim.
a vida anda passando a mão em mim.
acho que a vida anda passando.
a vida anda passando.
acho que a vida anda.
a vida anda em mim.
acho que há vida em mim.
a vida em mim anda passando.
acho que a vida anda passando a mão em mim
e por falar em sexo quem anda me comendo
é o tempo
na verdade faz tempo mas eu escondia
porque ele me pegava à força e por trás
um dia resolvi encará-lo de frente e disse: tempo
se você tem que me comer
que seja com o meu consentimento
e me olhando nos olhos
acho que ganhei o tempo
de lá pra cá ele tem sido bom comigo
dizem que ando até remoçando.
Autora: Viviane Mosé


(Poema do livro Pensamento do Chão)


Créditos deste vídeo: Outraviaa

5 Comentários:

Samanta disse...

Olá Alba querida !!!!!!!!!!

Fiquei impressionada com a colocação de palavras e seus significados diversos ! Incrível !
Mas tudo feito com profundidade, que cheguei até a me identificar...
Adorei, obrigada por compartilhar conosco.

Um super beijo no seu coração !

Jackie Freitas disse...

Alba, minha amiga querida!
Impressionante...rsrs...andamos numa sintonia grande! Hoje publiquei um texto (não tão belo como esse poema), mas a tônica, basicamente é essa!
E acho que o espírito tem o poder de renovar nosso corpo, de amenizar o tempo, de suavizar a vida... Quanto mais jovem for o espírito, mais condições temos de encarar a vida e o tempo!
Grande beijo, amiga! Como sempre, arrasou na escolha!
Jackie

Jucifer disse...

florrrrrrrrr Alba
este eu tive q ler cevando um mate
mas q isso
adorei a colocação das palavras
a sinceridade o ar de to nem ai
com gostinhu de revolta
simplesmente demais
me indentifiquei muito
isso tempo floxo
se for pra me comer
q me olhe nos olhos facilão
amei amei amei

beijaçooooooooooooo Flor Alba

Artigos & Crônicas disse...

Olá Alba,
lindo poema... cruelmente realista, que chega até mesmo a nos assustar!!!
Acho mesmo que o melhor é encarar a vida de frente e reconciliar com o tempo. Assim podemos caminhar mais felizes conosco mesma.
Obrigada por compartilhar.
Abraços.
Sonia Costa

Postar um comentário

MyFreeCopyright.com Registered & Protected



 
▲ Voltar ao Topo