9

Alma Desnuda

12/01/2011 .

Eu sou uma alma nua nestes versos, 
Angustiado alma nua e sozinha 
Deixa suas pétalas espalhadas. 

Alma pode ser uma papoula 
Isso pode ser um lírio, uma violeta, 
Um precipício, uma floresta e uma onda. 

Alma que vagueia inquieto como o vento 
E ruge quando ele está no mar, 
E dorme docemente em uma rachadura. 

Alma que adora em seu altar, 
Deuses que não saia para cegarla; 
Alma que não conhece parede. 

Alma que facilmente poderia governar 
Com apenas um coração que foi dilacerado 
Para regar o seu sangue quente. 

Alma que, quando na primavera 
Ele diz que o inverno é preciso: retorno, 
Gota de neve na pradaria. 

Alma que se dissolvem quando neva 
Na tristeza, chorar para as rosas 
mola que nos rodeia. 

Alma borboletas que às vezes solta 
Um campo, sem distância definida 
E ele diz: libad sobre as coisas. 

Alma que morreu de uma fragrância 
Um suspiro, um verso que é solicitado, 
Sem perder, pode ser, a sua elegância. 

Alma que não sabe nada e nega tudo 
E negar o que promove boa boa 
Porque é mais negada como é entregue. 

Alma é normalmente encontrado como uma iguaria 
Sinta a alma, despreza a estrada, 
E para sentir na mão de uma carícia. 

Soul é sempre insatisfeito, 
Enquanto os ventos vaga, corre e gira; 
Alma que sangra constantemente raves 
Enquanto o navio até a estrela.


Alfonsina Storni

9 Comentários:

Guria Faceira disse...

ola flor Alba
q intenso profundo
Alma que não sabe nada e nega tudo
E negar o que promove boa boa
Porque é mais negada como é entregue.

lindo lindo lindo eu estou bem vivendo esta fase descrita
iiiiiiiii q aflição !!!!!

beijaço flor ALba

Rosana Madjarof disse...

Alba,

Que lindo esse poema minha amiga!

A alma descrita em versos com grande sutileza...

Adorei!

Bjs.

Rosana.

Jackie Freitas disse...

Olá minha querida amiga Alba!
Que lindo esse poema! Para tudo nessa vida precisamos da alma. Principalmente para sentir o que nos toca...o que chega até ela...como esse poema.
Como sempre, mais uma linda seleção!
Grande beijo,
Jackie

vidarealdasam disse...

Olá minha querídissma amiga Alba !!

Cheguei a ficar sem fôlego com a intensidade e profundidade deste texto !
A Alma foi descrita de maneira bela e envolvente, sem deixar de dizer as verdades sobre o que carrega ou sente...
Incrível !!!
Obrigada pelas suas escolhas sempre maravilhosas, saiba que sempre aprendo e me emociono muito visitando seu espaço.
Mil beijos marciais

Minhas Poesias Irradiantes disse...

Parabéns ao seu post intitulado "Alma" o qual a cada verso pode-se notar que tem muita alma, gostei...

Sissym disse...

Alba, pois entao, cada um de nós, tem registros de sentimentos profundos em nossas almas, alegres ou sofridas, confiantes ou esperançosas... pois bem manifestado por Fernando Pessoa:

"Tudo vale a pena quando a alma não é pequena."

Bjs

Fatima Zanin disse...

Ter alma é ter sensibilidade lindo,gostei demais amiga Alba.O poema é lindo.
Parabéns.
Beijo.

Principe Encantado disse...

Alba muito lindo, comecei o dia muito bem, lendo este poema.
Abraços forte

Pithan Pilchas disse...

Buenas Alba,

cheio de alma este poema. Apesar de desnuda, a alma está repleta de roupagens.

Bju

Paulo

Postar um comentário

MyFreeCopyright.com Registered & Protected



 
▲ Voltar ao Topo