9

A liberdade me abraça.

07/11/2010 .


Andei por largos caminhos nesta longa jornada.
Procurando seu olhar,  nas estranhas cidades
patéticas.
No compasso do tempo sorri para o vento que sem apego passa.
Agora persigo saídas para novas estradas.
Hoje tudo se fez lembrança...
Tantas estórias fragmentadas.
Desenhos de luz, dança de  estrelas.
Entre sonhos, devaneios...
Versos espalhados rimando palavras...
A  voz das ondas me chamam
Adentro neste mar deserto.
A  liberdade  me abraça,
sem medo de ficar...
Habitou  em minha alma, vasta e incerta...
No encontro dos eternos.
E a face que vejo me reconhece,
parecida comigo...
Corta-me  espelho  que o instante tece.
Na memória cicatriza um reflexo...
Vejo o seu rosto.
Finalmente esquecido !


Alba Simões

9 Comentários:

carlos roberto disse...

Um belo texto!

Seu blog é muito bonito. Vou dar uma lida no conteúdo, com muito carinho.

Um abração...

vidarealdasam disse...

Olá querida Alba !!!!!!!!!!

Que texto maravilhoso !!
Muito intenso, gostei de quando diz que a Liberdade te abraçou e no fim, conseguiu ver seu resto a tempos esquecido !
Adorei !!

Grande beijo no coração ! ;)

Jackie Freitas disse...

Olá Alba querida!
Minha amiga, essa liberdade é renovadora! Esquece o que amarra ao passado e segue adiante, buscando novos rumos, novas descobertas. Acho que esse é o desprendimento que devemos ter, o compromisso maior com nossa vida.
Adorei, minha linda! Como sempre, intenso, profundo e carregado de mensagens.
Parabéns por essa rica obra!
Grande beijo,
Jackie

Beth Muniz disse...

Oi Alba querida,
"No compasso do tempo sorri para o vento que sem apego passa".
É isso, o vento quase sempre nos faz um breve carinho e se vai..."
Só ficam as batidas na porta do tempo... a passar...
O que mais posso comentar depois de ler esta obra de arte?
Nada. Só te mandar um grande beijo.

Artigos & Crônicas disse...

Olá Alba,
Parabéns por esse poema tão maravilhoso! Como tudo passa... a felicidade também passa.. por isso é imprescindível que estejamos alertas, pois o vento nos carrega para a liberdade e o tempo nos faz encontrar a tão almejada felicidade.
Obrigada por compartilhar.
Abraços.
Sonia Costa

-*Vera Luz*- disse...

Parabéns Alba!

Ao se deixar envolver pela Alma que tece com as palavras e ordem, a escrita que resplandece na arte, o entendimento do ser! Por isso a criatividade tão desperta na cor da tinta se faz a comunicação que encanta ao nosso ver!

Um abraço,
"Todo o Conhecimento é Luz que Inspira a Alma" -*Vera Luz*-

Principe Encantado disse...

"Agora persigo saídas para novas estradas.
Hoje tudo se fez lembrança...
Tantas estórias fragmentadas."

Sensacional, gostei muito amiga.
Abraços forte

Della disse...

Alba, é belo e tão triste!Toca o coração da gente. Um beijoooooo

Postar um comentário

MyFreeCopyright.com Registered & Protected



 
▲ Voltar ao Topo