12

Receita Para Lavar Palavra Suja

22/09/2010 .
Receita  Para Lavar Palavra Suja
Mergulhar a palavra suja em água sanitária.
depois de dois dias de molho, quarar ao sol do meio dia.
Algumas palavras quando alvejadas ao sol
adquirem consistência de certeza. Por exemplo a palavra vida.
Existem outras, e a palavra amor é uma delas,
que são muito encardidas pelo uso, o que recomenda esfregar e bater insistentemente na pedra, depois enxaguar em água corrente.
São poucas as que resistem a esses cuidados, mas existem aquelas.
Dizem que limão e sal tira sujeira difícil, mas nada.
Toda tentativa de lavar a piedade foi sempre em vão.
Agora nunca vi palavra tão suja como perda.
Perda e morte na medida em que são alvejadas
soltam um líquido corrosivo, que atende pelo nome de amargura,que é capaz de esvaziar o vigor da língua.
O aconselhado nesse caso é mantê-las sempre de molho
em um amaciante de boa qualidade. Agora, se o que você quer é somente aliviar as palavras do uso diário, pode usar simplesmente sabão em pó e máquina de lavar.
O perigo neste caso é misturar palavras que mancham
no contato umas com as outras.
Culpa, por exemplo, a culpa mancha tudo que encontra e deve ser sempre alvejada sozinha.
Outra mistura pouco aconselhada é amizade e desejo, já que desejo, sendo uma palavra intensa, quase agressiva, pode, o que não é inevitável, esgarçar a força delicada da palavra amizade.
Já a palavra força cai bem em qualquer mistura.
Outro cuidado importante é não lavar demais as palavras
sob o risco de perderem o sentido.
A sujeirinha cotidiana, quando não é excessiva,
produz uma oleosidade que dá vigor aos sons.
Muito importante na arte de lavar palavras
é saber reconhecer uma palavra limpa.
Conviva com a palavra durante alguns dias.
Deixe que se misture em seus gestos, que passeie
pela expressão dos seus sentidos. À noite, permita que se deite, não a seu lado mas sobre seu corpo.
Enquanto você dorme, a palavra, plantada em sua carne,
prolifera em toda sua possibilidade.
Se puder suportar essa convivência até não mais
perceber a presença dela, então você tem uma palavra limpa.
Uma palavra "limpa" é uma palavra possível.
Viviane Mose

12 Comentários:

Edgard Shigenaga disse...

Muito bom este texto!
Qdo li o título achei meio estranho e fiquei curioso.
Essa analogia é genial.
Fiquei imaginando a culpa sendo alvejada na água sanitária e sozinha dentro de um balde, rsrsrs.
Parabéns pelo artigo.
Bjs.

Quebra Coco Surf disse...

Que show esse texto, em resumo a palavra 'limpa' é a unica que dispensa lavagem né?

abçs

Jackie Freitas disse...

Olá Alba querida!
Adorei a analogia! Tem tantas palavras desgastadas com o uso indevido! Por darem imenso trabalho na limpeza, muitas vezes buscam novas, como se a substituição diminuísse ou ocultasse a sujeira criada. E são criadas pelo simples fato de não tomarem cuidados essenciais em seu uso. O pior de tudo é que quem recebe a palavra suja, acaba tendo o seu coração e sentimentos feridos, pois na sensibilidade humana não há espaço para sujeiras. E tudo poderia ser tão claro se fosse mantido o carinho. Para com as palavras e pessoas.
Grande beijo! Adorei o texto!
Jackie

Jucifer disse...

olá flor Alba
guria simplesmente amei
peguei meu chimas e fui a leitura
esta receira vale ouro viu
ovo repassar pra muitos
uma palavras limpa é uma palavra bem colocada
naum tem preço sua ação
as paavras sujas vamos deixar aos alvejantes hehe

guria flor Alba
beijo enorme !

PS: nussa a Jackie comenta como uma Deusa!

V.L.P. disse...

Olá Alba!!

Que texto abençoado, só mesmo um momento de consciência para exprimir tanta clareza! A força da palavra é tudo em nossa vida e infelizmente o convívio corriqueiros e a correria fizeram a 'perda'como algo desastroso, doloroso e cruel destilando esse veneno aos outros!! Maravilhoso texto!

Um abraço,
"Todo o Conhecimento é Luz que Inspira a Alma" -*Vera Luz*-

Sissym disse...

Alba... enquanto lia o texto super perspicaz eu fui me lembrando das palavras sujas do dito cujo com quem casei... nossa... tem horas que nem acredito o inferno que vivi e a vergonha de minha filha e empregada ouvirem!

Não há nada que lave a sujeira que está na mente perversa de certas pessoas.

Beijos

Fernanda Poli disse...

Oi Alba, tudo bem?
Adorei esse texto, assim como muitos que posta por aqui.
Já estou lhe seguindo para visitar sempre seu cantinho.
Bjs

Mari Costa disse...

Oii Alba querida

O texto é excelente.Acho que as palavras devem ser ditas com extremo cuidado, pois as palavras ditas nao temos como retira-las e muito menos lavar-las.Por isso o importante é cultivar boas palavras e atitudes também, porque nao adianta você falar palavras bonitas e ser incongruente nas suas atitudes.Temos que falar e agir com limpeza e clareza.

Bjs no coração

LISON disse...

Que Post Fantástico!
Amiga Alba:
Iniciar o meu domingo lendo esse primor de artigo, significa que eu sou um abençoado.
Faz tempo que eu faço de tudo para nem ouvir as palavras –vermelhas- que você sabiamente compartilhou conosco em forma de passagem poética.
Parabéns por mais um lindo Post!
Abraços fraternos,
LISON COSTA.

bolosconfeitadosdagui disse...

Que coisa impressionante!!
nunca li nada igual..
me coloco de pé e aplauso seu belissimo e encantador artigo.

Marcia Pinho disse...

Alba mulher! simplesmente sensacional! Nenhum comentário que eu possa fazer, será o bastante para parabenizá-la por esse texto belíssimo! Parabéns, minha querida! Parabéns mesmo! Bjo grande

Postar um comentário

MyFreeCopyright.com Registered & Protected



 
▲ Voltar ao Topo