3

Personagens

08/06/2010 .



Nós paradoxos.
Complexos, sós.
Instantâneos...
Mutantes como plantas e insetos.
Defrontando-nos com a desconstrução do eu.
Querendo-nos individualmente.
Palavras traídas, escapando das almas...
Pensamentos de perigo e leveza.
Isolando-nos, aglomerando-nos.
Por vezes silenciando o grito!
Nós caricatos belos e disformes.
Vestidos de emoções.
Entre céus e infernos...
Lindas caretas efêmeras !
Clowns...
Sonhadores, bufões solitários.
Dançando na corda bamba da vida.
Fugazes boêmios ordinários.
Pelos becos imaginários das ilusões.
As estrelas comovidas
Iluminavam os camarins
Dos palhaços jogados,
na lona das paixões...
Eu poetizo a cena.
Retirando a máscara sem juízo ou pena.
Alba Simões

3 Comentários:

Jackie Freitas disse...

Alba, minha querida!
Amiga, que maravilha! Amei cada palavra, cada linha e a mensagem é de uma profundidade impressionante.
Estava esses dias pensando que nós, embora "conscientes" do seu eu, ainda arrisca-se em personagens, atuantes nos palcos da vida... Somos paradoxais, minha querida...se dúvida alguma... Cada vez mais penso no "ser ou não ser, eis a questão!".
Grande beijo e parabéns por essa verdadeira obra!
Jackie

Deny disse...

Nossa, que poema hein!!!
Arrepiou!
Me lembrou mt o jeito de escrever de Fernando Pessoa!

Parabéns!!!

=D

Valéria Braz disse...

Alba... estou sem palavras.... amei cada frase, e o jogo com as palavras pra mostrar as contradições que trazemos no peito, na vida.....
Nossa descontrução através de paradoxos.......
Divina.... salvei em favoritos....... e se me permitir gostaria de publicar no meu blog, dando-lhe os devidos créditos e colocando o link do seu blog.
Beijo no coração

Postar um comentário

MyFreeCopyright.com Registered & Protected



 
▲ Voltar ao Topo